Pr. Jailson Santos

Seja Bem-vindo!

#Curta nosso blog

Role a página e encontre artigos, sermões e aulas

#Compartilhe nossas ideias

Use as redes sociais para nos ajudar a divulgar a fé reformada

Volte sempre que precisar

Nossa home fica aberta 24h!

Blog

Resenha: Crianças também ficam de luto. Por Denise Avila



RESENHA CRÍTICA

Crianças também ficam de luto

Por Denise Ávila.

TOLEDO, Adriana. Crianças também ficam de luto. Escola Nova, São Paulo, Abril, Edição 206, Outubro/2007.
Ver também: http://revistaescola.abril.com.br/edicoes/0206/aberto/mt_254075.shtml

A autora Adriana Toledo é formada em jornalismo pela Universidade Presbiteriana Mackenzie no ano de 2005. Fez cursos na área de jornalismo cientifico e jornalismo saúde, área da neurociência e psicologia. Atua há quatro anos na Editora Abril. Escreve artigos sobre saúde na Revista Saúde e artigos de Educação para a Revista Nova Escola.

Ela inicia o artigo dando exemplos de situações de perda que afeta as crianças, mas que com a compreensão e apoio da família e a escola a criança consegue superar.

Na primeira parte ela relata que a morte acontece em todos os lugares e com todas as pessoas. Devido a essa situação cada criança se expressa de maneira diferente como através do choro, silêncio, agressões, medo e outros. Porém, a família deve respeitar as reações, todavia sem ocular a verdade.

Na segunda parte ela mostra situações de como a escola e os educadores podem ajudar a confortá-la. Não a obrigando a participar de atividade, mas não a deixando sozinha. Se ela quiser comentar sobre o assunto, reuni todos em uma roda e comunica o fato, pergunte se alguém já passou por aquela situação, surgira que todos dêem um abraço no colega e o convidem para brincar, entretanto, o que realmente faz a diferença é a sensibilidade para confortá-lo nesse processo de luto. Se a escola perdeu um membro, organize uma homenagem para todos participarem.

Na última parte, a autora cita o exemplo de uma professora, que devido a uma criança que perdeu o seu avô, ela faz uma roda com todos e dispôs almofadas com rostos estampados pede a criança para escolher e ela logo vai à expressão triste e também seus desenhos eram em cores escuras, porém com o apoio da família e da escola ela superou o momento difícil.

Autor trabalha com as seguintes teses:

• Momentos difíceis só são superados com a compreensão e acolhimento em casa e na escola.
• Que a morte afeta a todos em diferentes contextos.
• É importante respeitar as reações, mas sem ocultar a realidade.
• Na escola não forçar a criança a falar, nem participar das atividades, mas não a deixando sozinha.

Nos últimos dias o Brasil vivem dias de luto, tristeza e dor no “caso Isabella”. E a própria mídia tem mostrado como isso tem afetado as crianças. Elas tem reagido de maneiras diferentes como o medo, tristeza, insegurança, dor e outros.

O artigo “Criança também fica de luto” mostra a importância da compreensão e o acolhimento da criança em seu ambiente familiar e escolar e qual o papel da família e do educador para que ela possa conseguir superar esse momento difícil.




Denise Ávila. Estudante de Pedagogia.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Jailson Santos

Mestrando em Divindade pelo Centro de pós-graduação Andrew Jumper (Mackenzie - São Paulo)

Bacharel em Teologia pelo Seminário JMC e Universidade Presbiteriana Mackenzie

Pastor auxiliar na Igreja Presbiteriana Aliança em Limeira - SP

Professor de teologia sistemática no SPFB

Imagens de tema por richcano. Tecnologia do Blogger.